Empresa que fez campanha de Trump se recusou a assessorar Bolsonaro, diz jornal

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
0 15

A fim de combater a concorrência na disputa eleitoral, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) teria tentado contratar a agência americana Cambridge Analytica, que fez a campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Segundo a Coluna do Estadão, a empresa foi sondada por emissários do deputado federal e pediu um tempo para analisar o comportamento dele nas redes sociais. Eis que três meses depois, a empresa mandou avisar que decidiram recusar qualquer proposta para assessorá-lo, pois avaliaram que ele tem uma imagem “ruim”. À publicação, Bolsonaro negou que tenha contatado o grupo. “Se alguém procurou esta agência, foi sem minha autorização. Não tenho dinheiro para contratar uma empresa dessas”, justificou o político conservador. De acordo com a coluna, se a mudança dele para o PSL for efetivada, Bolsonaro vai ganhar R$ 3 milhões, o equivalente a 30% do fundo da legenda, para usar na campanha à Presidência da República.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Post a Comment

Your email is never published nor shared.

Name *
Email *
Website
Comment *