Posto de recadastramento biométrico passa a funcionar na Faculdade de Ilhéus, zona sul

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
0 8

Já está funcionando na zona sul de Ilhéus mais um ponto de atendimento ao eleitor para o recadastramento biométrico. A sala está instalada na Faculdade de Ilhéus, às margens da rodovia Ilhéus-Olivença e o atendimento acontece das 9 às 19 horas, de segunda a sexta-feira. Uma equipe foi capacitada para realizar o atendimento, que acontece em uma ampla sala climatizada, cedida pela instituição de ensino.

Ontem (13) à tarde, o vice-prefeito José Nazal, que também ocupa a secretaria municipal de Planejamento e Desenvolvimento Social, visitou as instalações e se encontrou com diretores da faculdade, juízes eleitorais e servidores da justiça. Juntos, assinaram um Termo de Cooperação Técnica para viabilizar o projeto. Nazal afirma que a implantação de mais um ponto de atendimento acontece em face à tímida procura pelo recadastramento no município. Segundo a justiça eleitoral local, apenas metade dos eleitores já se cadastrou. O prazo se encerra no dia 31 de janeiro de 2018.

Para todos – Apesar de, na teoria, o novo ponto ter sido instalado para atendimento ao público da zona sul, qualquer pessoa da cidade pode se cadastrar na Faculdade de Ilhéus. A professora Cristina Adry, coordenadora do curso de Direito da instituição, lembra que as parcerias estabelecidas pela Faculdade de Ilhéus são feitas à partir dos cursos que a faculdade oferece.  Dentre eles há o de Direito Eleitoral. Estudantes foram selecionados na própria instituição para atuar no projeto.

Segundo George Andrade, professor e Consultor Jurídico da Faculdade, a instituição de ensino tem uma preocupação muito grande com as atividades de extensão e em não ficar limitada ao ensino, expandindo para a área de pesquisas. “Essa parceria é importante porque, o número de eleitores em Ilhéus que realizaram o recadastramento é ainda muito pequeno e a meta é audaciosa”, disse.

Referência – Nazal destacou ainda que desde o primeiro momento do recadastramento biométrico, Ilhéus tornou-se referência no estado, com a Prefeitura auxiliando as ações do Tribunal Regional Eleitoral. “Desde o primeiro momento nos preocupamos em dar este apoio logístico para que pudéssemos ter o nosso recadastramento em sua plenitude. Este ponto que agora se abre na zona sul, corresponde a uma área onde um terço da população urbana de Ilhéus mora”, lembrou.

A biometria é uma tecnologia que vem sendo adotada pela Justiça Eleitoral desde 2008, para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Por isso, alguns cartórios eleitorais estão realizando recadastramento biométrico, para coleta de digitais, assinatura e foto do eleitor. Daí o nome “biometria” – porque serão coletados e armazenados dados físicos do eleitor. O TRE lembra que, quem for fazer o exame biométrico, receberá atestado de 1 dia de trabalho.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Post a Comment

Your email is never published nor shared.

Name *
Email *
Website
Comment *