Treinador Campeão Baiano pelo Colo Colo de Ilhéus é demitido pelo Vitoria

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
0 158

O técnico José Ferreira não é mais funcionário do Vitória. O treinador, que estava como auxiliar dos times sub-20 e sub-17, foi desligado pela diretoria da agremiação. Ferreira foi contratado em março deste ano para comandar a equipe sub-18, após realizar estágio no clube . Porém, no final de junho a categoria foi extinta por Petkovic, gestor de futebol da época. Com isso, o técnico passou a ser auxiliar. O treinador lamentou a demissão, mas garantiu que irá continuar na torcida pelo sucesso do clube. “Fui comunicado para dar encerramento ao meu contrato que é válido até o ano que vem. Ainda não rescindiram. Um funcionário me explicou que o clube passa por uma mudança de gestão e que por isso será feita essa rescisão. Até aí tudo bem, pois não posso mudar a cabeça de ninguém. Procurei abraçar todas as oportunidades dadas pelo clube. Sou um velho conhecido, pois já joguei no Vitória e fui treinador da equipe principal em 2006. Essa passagem na base teve uma importância espetacular na minha carreira. Isso mudou o meu pensamento de ver o futebol e de analisar o futebol. Foi muito enriquecedor. Agradeço pela oportunidade e continuarei na torcida pelo clube”, afirmou Ferreira, em entrevista ao Bahia Notícias. O treinador ainda falou do seu trabalho realizado na equipe sub-18. O Vitória fez uma parceria com o Atlântico e cedeu todos os jogadores e comissão técnica para o Tubarão. O resultado foi o vice-campeonato baiano sub-20. O time perdeu o título justamente para o sub-20 do Vitória. “A gente conseguiu levar o sub-18 a ser vice-campeão. Perdemos o título para o sub-20 do Vitória. Uma categoria superior. Trabalhar na base é totalmente diferente. Agradeço a Sinval Vieira que me abriu as portas e que me convidou para fazer parte deste projeto. Agradeço também a Ivã de Almeida e também ao presidente Agenor Gordilho. E também a todos os funcionários e atletas. Todos me valorizaram”, destacou. Agora, Ferreira espera voltar a comandar jogadores profissionais. “Foi bom trabalhar na base e agora espero voltar as minhas origens que é o futebol profissional. Fazer o que já fiz no Colo Colo [campeão baiano em 2006], no Itabuna, Vitória da Conquista, Fluminense de Feira, Atlético de Alagoinhas e outros clubes do futebol brasileiro”, finalizou.

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Post a Comment

Your email is never published nor shared.

Name *
Email *
Website
Comment *